Cerveja com glitter: sim, isso existe e é maravilhoso

Estava navegando pela internet esta semana e me deparei com uma imagem de uma cerveja com glitter. Confesso que imediatamente fiquei bastante entusiasmada, já que sustento uma certa paixão por coisas que brilham. Por isso, fui logo saber do que se tratava e onde – ou se – eu poderia achar essas cervejas.

Para minha surpresa, numa rápida pesquisa no Google, vi que a mídia gringa está falando bastante sobre esse assunto nos últimos dias. Ao que parece, algumas cervejarias norte-americanas estão investindo na ideia.

Como o mercado da cerveja artesanal no Brasil é bastante influenciado pela cena cervejeira americana – e também por que eu achei muito elegante ter glitter na cerveja – resolvi reunir aqui algumas informações de forma resumida sobre essa novidade.

De onde veio esse negócio de cerveja com glitter?

É de se esperar que uma invencionice desse tipo só poderia vir da Terra do Tio Sam.

Cervejarias como Bold Missy Brewery, Ska Brewing e Seabright Brewery são algumas das muitas cervejarias americanas que estão disponibilizando opções purpurinadas no seu tap list. Inclusive, foram as imagens das glittery beers dessas cervejarias que desencadearam toda essa discussão sobre o assunto nas últimas semanas.

Porém, apesar de tudo isso parecer novidade, a cerveja citada como inspiração pela maioria dos cervejeiros e cervejeiras que estão aderindo à moda do glitter é de 2015. A Mel’s Sparkle Pony, da cervejaria Three Weavers Brewing Company, é uma IPA refrescante e brilhante, com adição de glitter comestível.

O rótulo purpurinado da Seabright Brewery também não é de ontem. A Mermaid Tail, uma Golden Ale feita com beterrabas e adição de glitter, foi citada em um artigo do HuffPost de outubro de 2016, que fala sobre o Great American Beer Festival daquele ano.

Esse é um festival muito famoso nos EUA, que acontece todos os anos em Denver e reúne cervejarias de todo o país. O HuffPost reuniu algumas das cervejas mais bizarras que eles encontraram naquele ano no festival, incluindo essa “Pink Ale” com glitter.

cerveja com glitter cerveja com purpurina
Mermaid tail da Seabright Brewery. Foto: Ryan Grenoble / HuffPost.

Cerveja com glitter: o que é?

Aparentemente, cervejas de qualquer estilo podem ser glittery beers. Basta adicionar glitter comestível e voilà, temos uma cerveja purpurinada.

Segundo o site Munchies, o brilho geralmente é adicionado às cervejas em barris individuais pouco antes de servi-los. Assim, evita-se que as partículas de glitter se acumulem no fundo.

Caso fosse acrescentado em alguma fase do processo de fabricação da cerveja, correria-se o risco do glitter se dissolver. Além disso, imagina o trabalho para limpar todo o equipamento de fabricação de cerveja cheio de purpurina…

glitter comestível na cerveja
Glitter comestível usado pela cervejaria Minocqua Brewing na sua glittery beer. Foto: Erica DeAnda (mestre-cervejeira).

Essa moda vai pegar?

Já sabemos agora que nós EUA algumas cervejarias estão abraçando a ideia sim e por lá isso nem é tão novidade assim. Mas nas últimas semanas, também começaram a pipocar fotos e vídeos de cervejas brilhantes de outros lugares do mundo, como essa linda Stardust IPA da australiana The Two Birds Nest Brewery, um tributo a David Bowie.

Além de todo o apelo estético, há também algo de simbólico em uma cerveja com glitter. Afinal, trata-se de uma junção de duas coisas atreladas pelo senso comum a sexos opostos. A cerveja, ao masculino, e o glitter, ao feminino.

Segundo as cervejeiras por trás de alguns desses rótulos purpurinados, juntar cerveja e glitter é uma maneira de “combater o sexismo desenfreado na indústria da cerveja”.

Não sei vocês, mas eu torço para que a moda pegue sim!

E você, beberia uma cerveja com glitter? Em qual cervejaria brasileira você apostaria que seria a primeira a fazer uma cerveja com glitter por aqui? Deixa aí nos comentários para mim. 🙂

ATUALIZANDO: quem apostou na cervejaria Wäls acertou! Eles acabaram de postar em sua conta no Instagram uma foto e um vídeo da Wäls Sirius, a cerveja “de ouro”. Dá um confere aqui embaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *