17 cervejas do RJ são premiadas no Concurso Brasileiro de Cervejas 2018

Na noite dessa terça-feira, 06 de março, foi realizada em Blumenau a cerimônia para oficialização do resultado e entrega das medalhas do Concurso Brasileiro de Cervejas 2018, a maior premiação cervejeira do país, que ocorre em paralelo ao Festival Brasileiro da Cerveja – Blumenau/SC e está em sua 6ª edição.

Nesta edição, o Rio de Janeiro ficou em 6º lugar entre os estados mais premiados, atrás de Rio Grande do Sul (56), Santa Catarina (51), São Paulo (47), Paraná (45) e Minas Gerais (27). No Concurso Brasileiro de Cervejas 2017, as cervejarias cariocas e fluminenses haviam obtido um melhor resultado, com 24 medalhas (6 ouros, 5 pratas, 13 bronzes).

A cervejaria eleita como a melhor do Brasil foi a paranaense Cervejaria Cathedral, seguida pela também paranaense Bodebrown e pela gaúcha Cervejaria Tupiniquim. A cervejaria carioca mais bem colocada foi a Bottobier, com 1 medalha de ouro e 3 de bronze.

A lista completa com as 252 medalhas entregues na cerimônia de premiação pode ser conferida de forma extraoficial aqui.

Confira abaixo todas as 17 cervejas cariocas que receberam prêmios no Concurso Brasileiro de Cerveja 2018:

cervejas cariocas premiadas no concurso brasileiro de cervejas 2018

Estatísticas sobre o Concurso Brasileiro de Cervejas 2018

medalhas por estado concurso brasileiro de cervejas 2018

Neste quadro, vemos a colocação geral por estados premiados com medalhas no CBC 2018. O concurso teve um total de 252 medalhas entregues, sendo 70 de ouro, 86 de prata e 96 de bronze.

No ranking por estados, o Rio Grande do Sul lidera absoluto, com 56 medalhas, sendo 11 de ouro, 19 de prata e 26 de bronze, o que corresponde a mais de 22% do total de medalhas do concurso.

Somados, os estados do Sul levaram mais de 60% das medalhas distribuídas na premiação. Os três estados medalhistas da região Sudeste (SP, MG e RJ) somam cerca de 36%. Juntos, Sul e Sudeste concentram mais de 96% das premiações.

Dos 18 estados participantes, 6 deles (33%) não conseguiram nenhuma medalha, sendo 3 do Nordeste (AL, BA e RN), 1 do Norte (AM), 1 do Centro-Oeste (MS) e 1 do Sudeste (ES).

concurso brasileiro de cerveja 2018 medalhas e ouro por estado

Se organizarmos a tabela de premiação do Concurso Brasileiro de Cervejas de Blumenau com o mesmo critério dos Jogos Olímpicos, ou seja, considerando as colocações com base no número de medalhas de ouro, seguido por prata e bronze como critérios de desempate, a colocação de alguns estados muda em relação à tabela anterior.

Em número de ouros, São Paulo lidera o ranking com 16 medalhas, seguido de perto pelo Paraná (15). O campeão geral RS cai para a 5ª colocação.

O destaque positivo fora do eixo Sul-Sudeste fica por conta dos estados do Ceará e Pará, que conquistaram 1 medalha cada, sendo ambas medalhas de ouro.

Um total de 70 medalhas de ouro foi distribuído pelo concurso, o que corresponde a quase 28% do total de 252 medalhas da premiação geral.

medalhas por estado concurso brasileiro de cervejas artesanais blumenal

Nesta tabela, temos um exercício de percentual de aproveitamento. A classificação apresentada neste caso está relacionada ao número de medalhas conquistadas versus número cervejas inscritas por cada estado.

Ou seja, quanto mais medalhas com menos cervejas inscritas, melhor o aproveitamento e, consequentemente, a colocação.

Desta forma, o estado que obteve o melhor aproveitamento foi o Paraná, com quase 14% das suas cervejas inscritas sendo premiadas. As cervejarias paranaenses inscreveram 328 rótulos, o que corresponde a 11,5% do total de inscrições do concurso.

Para efeito de comparação, o campeão geral RS inscreveu 682 cervejas (24% do total), ficando com a 8ª colocação por aproveitamento.

Em quantidade de inscrições, o estados de SP (592 / 20,7%) e SC (541 / 18,9%) vêm em seguida. Entre os estados que inscreveram mais de 100 rótulos, o destaque negativo fica por conta do RJ, com aproveitamento de apenas 6,56%, abaixo da média de premiação geral do concurso, que foi de 8,81% (252 medalhas para um total de 2.859 cervejas inscritas).

O Distrito Federal aparece muito bem colocado em termos percentuais, pois apesar de ter conquistado apenas duas medalhas, conseguiu 13,3% de aproveitamento com seus 15 rótulos inscritos. Novamente, Pará (10%) e Ceará (9%) também aparecem bem colocados.

Dos estados que não ganharam nenhuma medalha, o pior desempenho foi do Amazonas, que inscreveu 16 cervejas. BA (15) e MS (13) seguem de perto o fiasco de aproveitamento amazonense.

aproveitamento medalhas por cervejaria concurso brasileiro de cerveja

Com o mesmo exercício da tabela anterior, é possível elencar também os estados que tiveram a melhor média de medalhas por cervejaria participante do concurso.

Novamente, Paraná (115%) e Distrito Federal (67%) aparecem no topo do ranking, desta vez seguidos pelo Rio Grande do Sul (66%). Os paranaenses foram os únicos a ter uma média superior a 1 medalha por cervejaria inscrita, superando em quase o dobro o aproveitamento individual de DF, RS e SC (61%).

Mais uma vez, os estados com pior aproveitamento foram BA (5 cervejarias e nenhuma medalha) e AM (4 cervejarias e nenhuma medalha).

No total, 475 cervejarias de 18 estados se inscreveram no concurso. 137 delas foram premiadas com alguma medalha, o que corresponde a quase 29% do total.

média de medalhas de ouro por estado concurso brasileiro de cerveja artesanal de blumenau

Ainda sobre aproveitamento, é possível fazer também um ranking considerando apenas as medalhas de ouro.

Nesta análise, o estado que obteve o melhor resultado foi o Pará, com 1 única medalha, mas correspondente a 10% do total de cervejas inscritas pelas suas 2 cervejarias participantes. Na sequência vem o Ceará, também com 1 medalha, mas com 11 inscrições realizadas por apenas 2 cervejarias.

Dos estados com mais de 100 cervejas inscritas, MG é o que obteve o melhor resultado percentual nas medalhas de ouro, com 13 (4,85%), seguido por PR (4,57%), SP (2,96%), RS (1,61%) e RJ (1,54%). Destaque negativo para SC, que teve somente 9 ouros conquistados pelas suas quase 600 cervejas inscritas, o que significa um aproveitamento de apenas 1,52%.

Dos 18 estados participantes, 10 não conquistaram medalhas de ouro.

Ranking de Medalhas do Concurso Brasileiro de Cerveja 2018

ranking de medalhas por cervejaria concurso brasileiro de cerveja 2018

As 10 cervejarias com maior número de medalhas no CBC 2018 (Critérios de desempate: 1- Mais medalhas de ouro; 2- Mais medalhas de prata).

ranking de medalhas de ouro por cervejaria concurso brasileiro de cerveja 2018

As 10 cervejarias com maior número de medalhas DE OURO no CBC 2018 (Critérios de desempate: 1- Mais medalhas de prata; 2- Mais medalhas de bronze).

Cerimônia de Premiação do Concurso Brasileiro de Cervejas de Blumenau 2018

Confira algumas fotos do evento!

cerveja premiada botto bottobier
Foto: divulgação Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau.

A cervejaria carioca mais bem colocada foi a Bottobier, com 1 medalha de ouro e 3 de bronze. As cervejas premiada foram a Bottobier Thor (Doppelbock – medalha de ouro), Bottobier Once Upon a Time (Belgian Dark Strong Ale, com nome anterior de Dama do Lago – medalha de bronze), Bottobier Zoontje (Belgian IPA – medalha de bronze) e Bottobier Tcheca (Bohemian Pilsner – medalha de bronze).

cerveja o motim premiada concurso brasileiro de cerveja de blumenau 2018
Foto: divulgação Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau.

A cervejaria O Motim levou uma medalha de prata pelo lançamento Canudos Oak 2016 II na categoria Wood and Barrel Aged Sour Beer.

cerveja lhama loca premiada concurso brasileiro de cervejas 2018
Foto: divulgação Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau.

A cervejaria Lhama Loca também faturou uma prata com a sua Irish Red Ale.

Destacamos também as cervejarias W*Kattz, que faturou uma prata com sua Doppelbock, e a Mistura Clássica, que levou um bronze pela Layla Envelhecida na categoria Aged Beer.

 

Edição: Larissa Acosta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *